Índice da percepção da corrupção

O Índice de Perceção da Corrupção (CPI) é um indicador agregado que combina diferentes fontes de informação, classificando os países de acordo com a perceção sobre o fenómeno da corrupção no setor público.

ÍNDICE DE PERCEÇÃO DA CORRUPÇÃO

SOBRE

O Índice de Perceção da Corrupção (CPI) é um indicador agregado que combina diferentes fontes de informação, classificando os países de acordo com a perceção sobre o fenómeno da corrupção no setor público.

Este índice tem por base diferentes avaliações e inquéritos de opinião realizados por instituições respeitáveis e independentes. De uma forma geral, os levantamentos e avaliações utilizados para compilar o índice incluem questões relativas à corrupção de funcionários públicos, subornos nos contratos públicos, desvios de fundos públicos, assim como perguntas que visam aferir a força e eficácia dos esforços anticorrupção na administração pública.

A escolha das perceções advém não só da dificuldade em medir – em termos de frequência ou quantidade – a corrupção, por se tratar de uma atividade escondida, mas também do pressuposto de que as perceções constituem uma estimativa fiável no âmbito do tema da corrupção.

Lançado pela primeira vez em 1995, o CPI é, atualmente, a ferramenta mais conhecida da Transparency International.

Lançado pela primeira vez em 1995, o CPI é, atualmente, a ferramenta mais conhecida da Transparency International.

Sabe mais em transparency.org

RESULTADOS

Com o apoio de:

With the financial support of the Prevention of and Fight against Crime Programme European Commission – Directorate-General Home Affairs

A Provedoria TIAC – Alerta Anticorrupção é financiada pelo programa CIPS/ISEC da Comissão Europeia. A TIAC é inteiramente responsável pelo conteúdo deste website; a Comissão Europeia não pode ser responsabilizada pelo uso feito da informação aqui contida.

AGRADECIMENTOS

A TIAC agradece a todos os associados e voluntários que contribuíram, direta ou indiretamente, para a realização destes estudos e ferramentas de trabalho.

SEGUE-NOS NAS REDES SOCIAIS

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinyoutube

SUBSCREVE A NOSSA NEWSLETTER

© 2010-2017 TIAC. Todos os direitos reservados.