DAR FORÇA À VONTADE

Por uma sociedade mais justa e uma democracia de qualidade em Portugal e no Mundo

Publicações

.

Definimos seis programas nucleares (programa 1 a 6) e três programas temáticos (programa 7 a 9), cada um deles correspondendo a um objetivo estratégico e traduzindo campanhas, iniciativas e projetos diferenciados.

Conheça-os aqui:

Sensibilizamos e motivamos para o combate à corrupção, suscitando o envolvimento e a participação dos associados e do público em geral no debate sobre as questões da má governança e da corrupção na agenda política e mediática e no ciclo de políticas públicas.

Desenvolvemos ações de educação, formação e sensibilização para diferentes públicos-alvo, versando os temas que investigamos e as políticas públicas objeto de monitorização.

Apoiamos e aconselhamos denunciantes e vítimas de contextos e práticas de corrupção, má governança, conflitos de interesses e conluio, e dificuldades no acesso à justiça, em melhores condições de segurança e confidencialidade.

Influenciamos políticas públicas e práticas institucionais, promovendo a legalidade democrática e a boa governação, combatendo a corrupção e fomentando os valores da transparência, integridade e responsabilidade junto dos decisores públicos, dos cidadãos e das instituições e empresas públicas e privadas.

Avaliamos e monitoramos a implementação de convenções e acordos internacionais, bem como legislação nacional e comunitária, e políticas públicas versando a boa governança e prevenção e combate à corrupção, formulando recomendações aos principais decisores políticos a nível nacional e internacional.

Desenvolvemos também atividades de investigação aplicada às questões da Boa Governança e da Corrupção em diferentes áreas.

Temos como objetivo alavancar a iniciativa RedeGOV – Rede pela Boa Governança e Desenvolvimento Sustentável na Lusofonia, através do fortalecimento da colaboração com ativistas e ONGs do espaço lusófono, especialmente no quadro da Agenda 2030 das Nações Unidas.

Avaliamos a qualidade da governação, a integridade e a transparência no poder central e local, monitorando, entre outras, as condições de disponibilização e acesso à informação, a implementação de planos e medidas de prevenção de riscos de corrupção e infrações conexas, contribuindo ativamente para o desenvolvimento de programas e iniciativas anticorrupção em áreas particularmente sensíveis, como a da contratação pública.

Sensibilizamos o setor empresarial para a necessidade de se instituir uma cultura de integridade nos negócios, e avaliar, monitorar e apoiar a implementação de sistemas de compliance e de gestão de riscos de corrupção nos negócios, tendo em conta a sua especial vulnerabilidade à ocorrência de ilegalidades e situações de corrupção.

Intervimos para garantir que a transparência e a integridade são tanto valores como prática institucional no Terceiro Setor, diagnosticando as suas debilidades e apoiando o desenho e implementação de sistemas customizados de prevenção da corrupção e má governança, e partilhando experiências apreendidas noutros domínios.

No combate à corrupção, o que falha é a política

Os dinossauros autárquicos estão mesmo em vias de extinção

A nossa independência não tem preço

Não recebemos qualquer subsídio do Estado português para cumprir a nossa missão.

O trabalho que fazemos depende exclusivamente de contribuições financeiras de associados/as (quota anual em 2019 = 12€), de donativos de simpatizantes da causa, e de subvenções para a realização de projetos.

Por isso, o teu contributo faz toda a diferença.