O atual presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, que já fora anunciado como cabeça-de-lista do PSD às próximas autárquicas e foi entretanto constituído arguido no processo “Ajuste Secreto”, retirou hoje a sua candidatura às eleições de outubro.

“Apresentei a minha candidatura à presidência da câmara municipal há precisamente duas semanas e fi-lo na convicção de ter reunidas as condições para cumprir um projeto estruturado e ambicioso para Oliveira de Azeméis”, declarou à Lusa o autarca e professor.

Ler mais em:

http://ift.tt/2undLMC

via Observador 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.