O Global Anti-Corruption Consortium, que junta a Transparency International (TI) e o Organised Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP) alertaram hoje para os riscos de corrupção nos programas Vistos Gold, referindo especificamente o caso português. O alerta foi dado numa conferência de imprensa realizada hoje de manhã em Bruxelas.

Desde o lançamento do programa em Portugal em 2012 que vimos salientando a necessidade de garantir que os mecanimos de controlo e due diligence em vigor no quadro da concessão de autorizações de residência para investimento (ARI) são eficazes. Pelo contrário, verifica-se que o programa Vistos Gold facilita exponencialmente esquemas de lavagem de dinheiro, designadamente através do setor imobiliário.